sábado, 21 de maio de 2011

LUIZ GONZAGA













A VIDA DO VIAJANTE
De Luiz Gonzaga & Hervê Cordovil
Com participação de Gonzaguinha

F__________Dm______Eb
Minha vida é andar por este país
_________F_________C
Pra ver se um dia descanso feliz
____F____C___F____D7__Gm__F#°__Gm
Guardando recordações das terras onde passei
__Am____Bb___Am___Bb__Am_____Gm__F
Andando pelos sertões e dos amigos que lá deixei.

Dm___C____Eb____F
Chuva e sol, poeira e calor
Dm____C____Bb____Am
Longe de casa sigo o roteiro
____Gm____F____________C_______G_______C_______F
Mais uma estação Hum! Hum! Hum! Hum! Hum! Hum! Hum! Hum!
_____C____Bb__F
E a alegria no coração

F__________Dm______Eb
Minha vida é andar por este país
_________F_________C
Pra ver se um dia descanso feliz
____F____C___F____D7__Gm__F#°__Gm
Guardando recordações das terras onde passei
__Am____Bb___Am___Bb__Am_____Gm__F
Andando pelos sertões e dos amigos que lá deixei.

Dm__C___Eb_____F
Mar e terra, inverno e verão
Dm____C________Bb__Am
Mostro o sorriso, mostro alegria
_____Gm___F____________C_______G_______C________F
Mas eu mesmo não Hum! Hum! Hum! Hum! Hum! Hum! Hum! Hum!
_____C____Bb__F
E a alegria no coração


AVE MARIA SERTANEJA
De Julio Ricardo & O. de Oliveira

____Em_______D9_____Em
Quando batem as Seis horas
__A____________Em
De joelhos sobre o chão
_A______Em
O sertanejo reza
_ C9_D9_Em
a sua oração

E_B_ E
Ave Maria
A__D9__A
Mãe de Deus Jesus
___B__A__E
Nós dê força e coragem
___C9__D9_Em
Pra carregar a nossa cruz

Em_____D9__Em
Nessa hora bendita e santa
A___Em
devemos suplicar
_A____Em
a virgem imaculada
_C9____D9___Em
os enfermos vir curar


ASA BRANCA
de Luiz Gonzaga & Humberto Teixeria

A_______A7_____D
Quando olhei a terra ardendo
_______A____E7_D
qual fogueira de São João
_______A7________D
Eu perguntei a Deus do céu, ai
_______E7______A
porque tamanha judiação

____A7_______D
Que braseiro que fornalha
______A____E7___A
nem um pé de plantação
_______A7___________D
Por falta d´água perdi meu gado
________E7______A
morreu de sede meu alazão

____A7________D
Inte mesmo a Asa Branca
_____A____E7
bateu asas do sertão
________A7______D
Entoce eu disse adeus Rosinha
________E7_____A
guarda contigo meu coração

____A7________D
Hoje longe muitas léguas
_____A____E7
nessa triste solidão
_______A7________D
Espero a chuva cair de novo
_______E7____________A
pra mim voltar ai, pro meus sertão

_________A7_______D
Quando o verde dos teus olhos
______A____E7___A
se espalhar na plantação
_______A7_________D
Eu te aseguro não chore não viu
_________E7___________A
que eu voltarei viu, pro meus sertão

CIGARRO DE PAIA
De Armando Cavalcanti & Klécius Caldas

C
Meu cigarro de paia
_____Am
Meu cavalo ligêro
_________F
Minha rede de maia
G___________C
Meu cachorro trigueiro

C
Quando a manhã vai clareando
____________Dm
Deixo a rede a balançar
_________F___________________C
No meu cavalo vou montando deixo o cão a vigiar
G__________________C____C7______________F
Cendo o cigarro vez em quando pra esquecer de me alembrar

_________C__G
Que só me falta uma bonita morena
____________C____C7
Pra mais nada me faltar
F_____________C_________G
Que só me falta uma bonita morena
________C
Pra mais nada me faltar


DERRAMARO GAI
De Luiz Gonzaga & Zé Dantas

_______G____Am
Eu nesse côco num vadeio mais
_____D7______G
Apagaro o candeeiro, derramaro o gás
_____C_______G
Apagaro o candeeiro, derramaro o gás
_______D7_______G
Coisa boa nesse escuro já sei que num sai

________C________G
Já não tão mais respeitando nem eu que sou pai
________D7_______G
Pois me deram um beliscão quase a carça cai
_______C_______G
Começando desse jeito num sei pronde vai
______D7______G
Por isso nesse côco num vadeio mais

Eu nesse côco num vadeio mais...

_______C_______G
o escuro desse jeito ninguém se distrai
_______D7________G
Pai de moça nessa festa só vai ter trabái
________C______G
Seu Zé Chico nesse côco e Isabé num cai
_______D7_______G
O seu noivo tá querendo mas eu sou o pai

______C________G
Ou acende um candeeiro bem cheim de gáis
_____D7______G
Ou ela nesse côco num vadeia mais

Eu nesse côco num vadeio mais...

_______C_________G
Sazefinha entrou no côco com a gente e num sai
_______D7_______G
Pois ficou que nem badalo dentro do chocái
_____C_______G
Levou tanta imbigada que caiu pra trái
_____D7______G
Saiu andando manca que nem papagái

_______C________G
Seu marido foi falar mas levou cinco talhos
______D7_____G
Por isso nesse côco num vadeio mais

Eu nesse côco num vadeio mais...


ESTRADA DE CANINDÉ
De Luiz Gonzaga & Humberto Teixeira

G___ D7
Ai, ai, que bom
_______G
Que bom, que bom que é
_______Am
Uma estrada e uma cabocla
__D7_____G
Cum a gente andando a pé

_____D7
Ai, ai, que bom
________G
Que bom, que bom que é
_______Am
Uma estrada e a lua branca
__D7___G
No sertão de Canindé

G7__________Cm
Automove lá nem sabe
D7___G
Se é home ou se é muiê
G7
Quem é rico anda em burrico
___Cm__D7__G
Quem é pobre anda a pé

Mas o pobre vê nas estrada
____E7____Am
O orvaio beijando as flô
________D7
Vê de perto o galo campina
_________G
Que quando canta muda de cor

Vai moiando os pés no riacho
G7____Dm_G___C
Que água fresca, nosso Senhor
___Cm_____G
Vai oiando coisa a grané
___Em_____Am
Coisas qui, pra mode vê
___D7_______G
O cristão tem qui andar a pé


LUAR DO SERTÃO
De Catulo da Paixão Cearense

C ____Am___Dm
Não há, ó gente, oh! não
Dm7/C_G7___C_G7
Luar como esse do sertão
C___Am___Dm
Não há, ó gente, oh! não
Dm7/C_G7___C_G7
Luar como esse do sertão

____C__________Am____Dm
Oh! que saudades do luar da minha terra
___Dm7/C___G7____________C__G7
Lá na serra branquejando folhas secas pelo chão
___C____Am
Este luar cá da cidade
___Dm____Dm7/C__G7____________C_G7
Tão escuro não tem aquela saudade do luar do sertão

____Am___Dm
Não há, ó gente, oh! não
Dm7/C_G7___C_G7
Luar como esse do sertão
C___Am___Dm
Não há, ó gente, oh! não
Dm7/C_G7___C_G7
Luar como esse do sertão

____C________Am____Dm
Se a luar nasce por detrás da verde mata
___Dm7/C_____G7___________C_G7
Mais parece um sol de prata prateando a solidão
_____C____Am_______Dm___Dm7/C
E a gente pega na viola que ponteia e a canção
____G7__________C___G7
É a lua cheia, a nos nascer no coração

____Am___Dm
Não há, ó gente, oh! não
Dm7/C_G7___C_G7
Luar como esse do sertão
C___Am___Dm
Não há, ó gente, oh! não
Dm7/C_G7___C_G7
Luar como esse do sertão

____C______Am
Quando vermelha, no sertão
_____Dm___Dm7/C
Desponta a lua dentro d'alma onde flutua
________C_G7
Também rubra nasce a dor!
___C______Am___________Dm
E a lua sobe e o sangue muda com claridade
___Dm7/C____G7_________________C__G7
E a nossa dor muda em saudade branca assim da mesma cor

____C____Am___Dm
Não há, ó gente, oh! não,
Dm7/C_ G7___C_G7
Luar como esse do sertão


NEM SE DESPEDIU DE MIM
De Luiz Gonzaga & João Silva

Am______F__Am_______C
Nem se despediu de mim, nem se despediu de mim
Dm________Am__G
Já chegou contando as hora,
bebeu e água e foi se embora
_________C
E nem se despediu de mim

Dm______Am______Dm____Am
Se assossega coração, que esse amor renascerá
___Dm_____Am___A#_______C
Vai se um dia mas vem outro, aí então quando vai voltar,
Dm________Am_________G___________C
Quebra o pote e a quartinha, bote o fogo na tamarinha,
que ele vai se declarar

OLHA PRO CÉU
De Luiz Gonzaga & José Fernandes

_______Dm
Olha pro céu, meu amor
D__D#º___Gm
Vê como ele está lindo
C7_______F7+
Olha pra quele balão multicor
Gm6___ Em-5/7_A7
Como no céu vai sumindo

D
Foi numa noite, igual a esta
_____Em
Que tu me deste o coração
B7/-9___Em
O céu estava, assim em festa
A______D
Porque era noite de São João

Am_C___B7
Havia balões no ar
______Em
Xóte, baião no salão
Gm6__C7/9
E no terreiro
D___B7__E___A__________D
O teu olhar, que incendiou meu coração


TAMBORETE DE FORRÓ
De Artulio Reis

___________D_________A7______________D
Ela era miudinha botei seu nome tamborete de forró
_____D7______________G________________A
mas quando ela me deu uma olhada senti logo uma flechada
_____A7________________D
meu coração foi logo dando um nó.

______A7_____________D
Ela dançando e balançando os cachos
_______________G_________________D
que meus cento e vinte baixos quase viram um pé-de-bode
______A7_____________D
Do lado dela um sujeito sem jeito
_______________G____________D
e eu aqui com dor no peito mas como é que pode.

____D7_________________G
Tava tocando um baião cheio de dedo,
______A7_____________D
quando dei fé tava tocando chopin,
D7________________G_______________A
menina você vai me dando asa que eu levo você pra casa
______A7________________D
e a gente faz um monte de tamboretim.

______A7___________D
E ela dançando ali me deu ciúme
________________G________________D
porque que dizem que perfume que é pequeno cheira mais.,
______A7__________D
e ela brilhando no forró inteiro
____________G_____________D
apagaram o candieiro e derramaram o gás.

_____D7___________________G
Ai que vontade que chegasse um sanfoneiro
_____A7_____________D
para tomar este fole aqui de mim.
D7________________G
Menina você vai me dando asa
_____________A
que eu levo você prá casa
______A7_______________D
e a gente faz um monte de tamboretim .


PAGODE RUSSO
de Luiz Gonzaga

__________Am
Ontem eu sonhei que estava em Moscou
______Am6__________________Am
dançando pagode russo ma boite Cossacou (Bis)

Am
Parecia ate um frevo
__E__________Am
naquele "cai e não cai"
Am
Parecia ate um frevo
__E__________Am
naquele "vai e não vai"

Dm__Am_E__Am
Vem cá cossaco
___E________Am
cossaco dança agora
__Dm_______Am
Na dança do cossaco
E___________Am
não ficar cossaco fora


NO MEU PÉ DE SERRA
de Luiz Gonzaga & Hunberto Teixeira

G___________D7
Lá no meu pé de serra
______________G
deixei ficar meu coração
____________D7
Ai que saudade tenho
________________G
eu vou voltar pra meu sertão

_______________________D7
No meu roçado trabalhava todo dia
____________________________G
mas no meu rancho tinha tudo o que eu queria
____________________D7
Lá se dançava quase toda quinta-feira
___________________G
sanfona não faltava a noite inteira

______D7______G
O xóte é bom de se dançar
______D7_____________G
a gente grudana cabocla sem soltar
_______D7_______G
um passo lá, um outro cá
_________D7
Enquanto o fole ta tocando
___G
ta gemendo, ta chorando
____D7________________G
ta fungando, reclamando sem parar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário